quinta-feira, 13 de março de 2014

Robocop

    Ontem, meio contra minha vontade (já que não é o estilo de filme que eu gosto), fui ao cinema assistir Robocop, dirigido pelo brasileiro José Padilha, e até que foi legal.
    O filme conta a já conhecida história de um policial ferido, que teve seu corpo reconstruido, transformando-se em uma espécie de ciborgue.
    Apesar de achar a história bem simples e com nada de muito inovador entre os filmes policias que passam na televisão aberta todas as segundas, ele superou minhas expectativas.
    Com um ritmo acelerado e constante, eu mal percebi a quanto tempo estava no cinema e algumas de suas tiradas cômicas realmente me divertiram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!