sexta-feira, 7 de novembro de 2014

#DL14 Híbrida

  Na 5ª etapa do desafio literário o tema era um livro nacional e eu escolhi Híbrida da série Neblina e Escuridão de Mari Scotti.
  O livro conta a história de Ellene, uma jovem criada em meio à lobisomens que tenta entender o porque de ser tão diferente de sua família e a história de Milosh, marido da rainha dos vampiros, que a quase um século tenta desvendar o sequestro de sua amada.
   O livro tem uma história envolvente e um estilo de escrita fácil de ler, você nem nota o tempo passar. A divisão dos capítulos entre Ellene e Milosh são muito bons.
  Durante a história os personagens descobrem uma estranha ligação, que assusta e instiga a curiosidade dos dois, e vocês fica naquela expectativa de quando eles irão finalmente se encontrar, já que por diversas vezes você pensa "é agora".
    O mistério do livro, além do paradeiro da Rainha Elizabeth, está também em quem é ou não o vilão da história, já que ele não é citado diretamente e alguns personagens podem ser suspeitos.

   Confesso que fiquei meio confusa com as datas, em alguns momentos são citadas a idade de uma das personagens, e as datas não batem, não atrapalhou a leitura, mas fiquei intrigada.

   Sobre os personagens (minha parte preferida nos livros :P), gostei bastante da relação de Ellene e Tomas (o lobisomem com quem ela tem uma "amizade colorida"), achei a dinâmica entre os dois leve e muito divertida. Ela em particular é muito engraçada em toda sua confusão (bem confusa mesmo, queria dar um sacode nela em alguns momentos rsrs).

   Milosh é fofo com toda sua dedicação em encontrar a rainha, mas ainda não consegui ter uma visão de como ele realmente é. Estou no aguardo da continuação para entender melhor o personagem.

   Heidy (uma mestiça poderosa, que é apaixonada por Milosh) foi uma das personagens que eu mais havia gostado, o jeito que ela fala e provoca, e o fato de ser tão fodona é bem legal, mas fiquei meio brava com uma coisa que ela fez, que não posso dizer para não dar spoilers :p. Estou bem curiosa para descobrir de que lado ela realmente está.

   Em resumo, gostei bastante dos personagens e achei o livro bem escrito, prende sem que você perceba, e espero ansiosa pelo lançamento de O Guardião.

4 comentários:

  1. Fiquei sem saber se é mestiça de lobisomem e vampiro ou se é um tipo de vampiro que chamam de mestiço por algum motivo

    ResponderExcluir
  2. Ahhh livro da Mari <3
    Milosh ASKJFNASGBAGABUOGASBGUOAS
    Adorei essa leitura! Fiz a resenha lá no blog há um tempinho, mas ler o seu texto me deu saudade dos personagens. Ansiando pelo lançamento da continuação, igual você! *-* HAHAHAHAHAHA
    Eu gostei bastante do modo como a Mari construiu os personagens, aquele jeitão todo melancólico e solitário do Milosh (espero ver mais disso nele, porque adooooro um bom personagem sofredor) e tô louca pra saber mais da rainha (e mais de Ellosh, porque I DON'T CARE, I SHIP IT ~faz dancinha).
    Gosto muito da Heidy também, mas é aquele tipo de relação amor/ódio HAHAHAHAHA difícil definir, só se convive e_e
    Adorei a resenha, flor!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs confesso que alguns sofredores conquistaram meu coração (vide todos os meus personagens preferidos em animes e seriados :p)
      Ainda não entendo muito a relação de Ellen e Milosh, mas eu prefiro era com o Tómas :p
      Obrigada pela visita Denise, beijos ^^

      Excluir

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!