quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Guardiões da Galáxia

   
      Mesmo ouvindo muitas pessoas falarem bem do filme Guardiões da Galáxia, eu ainda não tinha tido interesse em assisti-lo, mas essa semana, depois de muita insistência, meu namorado acabou me convencendo.

     O filme conta a história do ladrão espacial Peter Quill, abduzido ainda criança da Terra, que começa a ser perseguido após roubar uma misteriosa esfera, tanto por mercenários, quanto por Ronan, um extremista Kree que tem como objetivo de destruir o planeta Xandar e trabalha com vilão Thanos. Junto de Gamora (filha adotiva do vilão Thanos), Rocket Raccon (um guaxinim atirador), Groot (Uma árvore humanoíde) e Drax O Destruidor tenta defender a esfera para que Ronan não possa usa-la como arma .

     Infelizmente, discordo de todos que falaram tão bem do filme, que para mim teve uma pegada muito sessão da tarde. Não sou grande fã da temática espacial, talvez motivo pelo qual fiquei relutante em assistir ao filme, mas ainda sim fiquei um pouco desapontada.
     Achei as cenas de luta entre espaçonaves muito longas (prefiro as lutas corpo-a-corpo) e pouquíssima emoção durante o filme.
     Tenho que elogiar a trilha sonora, que na minha humilde opinião foi a melhor parte do filme. O personagem central Peter Quill, tem costume de andar com um velho toca fitas escutando músicas da época de sua mãe, o que garante grandes e famosos flashbacks.

2 comentários:

  1. Ainda não vi o filme, mas para que gosta da Marvel, o filme é bom porque é dos poucos que mostra esses personagens como eles são (mais ou menos, claro que foram adaptados). E sim, a trilha é extremamente elogiada. Não fui ver ainda e não quis buscar a trilha para não estragar as surpresas que certamente virão daí.

    Também prefiro lutas corpo-a-corpo. Um bom soco na cara no momento certo é mais impressionante que a cena da Estrela da Morte explodindo o planeta natal dos outros.

    ResponderExcluir

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!