sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos.

    Eu sou fascinada por histórias de batalhas épicas e fantásticas e a trilogia do Hobbit me trouxe de volta a Terra Média, local que eu adorara conhecer nos filmes do Senhor dos Anéis (ainda não li os livros, mas já estão na fila).
    Gostei bastante da trilogia que conta a saga de Bilbo Bolseiro e do modo como os personagens foram desenvolvidos nela.
    Confesso que estava com grandes expectativas sobre o filme que assisti nesse domingo, devido as diversas resenhas que li durante a semana, e apesar de ter gostado do filme, confesso que não foi tão espetacular como eu imaginava.


     A Batalha dos Cinco Exércitos começa exatamente onde termina a Desolação de  Smaug, e acho que talvez tenham encerrado de forma muito rápida a história que vinha se desenvolvendo nos dois filmes anteriores, deixando muito tempo apenas na batalha final, que apesar de ser bem elaborada, achei muito extensa para apenas uma batalha. Infelizmente não consigo deixar de fazer comparações com Senhor dos Anéis, que mesmos sendo um filme longo, continha diversas coisas acontecendo ao mesmo tempo e em lugares diferentes o que não torna tão maçante.
    Outro ponto que prefiro na antiga trilogia, que nos foi apresentada entre 2001 e 2003, são os efeitos especiais. Podem me chamar de louca, mas mesmo sendo gravado quase 14 anos antes, achei a imagem muito mais bonita e realista, acho que em Hobbit tudo parecida muito artificiais.

    Achei os personagens da nova saga interessante e gostei do rumo que alguns deles tomaram, mas não vou comentar pois entendo que muitas pessoas, assim como eu, ainda não leram o livro (eu sei, preciso tomar vergonha e ler logo). Achei um pouco exagerado como mostram o Legolas nesse último filme, eu gosto dele, mas exageraram no quesito "ser foda" (por falta de palavras melhores para descrever :p).

   Para concluir, achei o filme bem legal, mas de toda a trilogia achei o mais fraco dos filmes. Talvez uma melhor distribuição do tempo tivesse resolvido. Ainda sim vale a pena conferir o final da saga.

7 comentários:

  1. Eu curti bastante os 3 filmes, (foram uma boa adaptação, apesar da ultra-mega-blaster-uber viajada no segundo filme) mas o primeiro consegue ser ainda, o melhor.
    E no mais, o Legolas *aspas* saído da matrix *aspas* foi puro fanservice. :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu gosto do Legolas e achei meio sem necessidade rsrs.

      Excluir
  2. Eu ainda não li nenhum livro do Tolkien, mas recentemente dei uma segunda chance aos filmes da trilogia d'O Senhor dos Anéis e confesso que fiquei encantada. Tão encantada que estou louca para assistir os filmes que contam a história do Bilbo Bolseiro. E claro, também quero tomar vergonha na cara e ler os livros.

    http://blogconexoesliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu to pra assistir novamente a trilogia do Senhor dos Anéis pois já faz um tempinho que assisti.
      O livro eu estou com ele aqui tomando coragem para iniciar rsrs

      Excluir
  3. Eu não vi o filme e meio que senti vontade nenhuma de ir assistir porque misturaram várias histórias do Tolkien. Dizem que fizeram isso porque o livro O Hobbit era infantil e acharam que não iria vender legal. Porque não poderiam fazer? Vários desenhos e animações já mostraram que adultos gostam sim de histórias infantis bem construídas e qualquer pai que leu a história iria levar os filhos. Parece que misturaram com Contos Inacabados e O Silmarillion. Para completar, eu gostaria de ver esses filmes isoladamente. Agora, não vou mais poder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É eu realmente não li mas me falaram que muita coisa ficou super diferente, personagens que nem deviam aparecer estão lá.

      Excluir
    2. Tem algumas partes tiradas dos Anexos d'O Retorno do Rei e umas poucas referências tiradas do Silmarillion, mas nada que faça: "Pow, não era uma adapatação d'O Hobbit?"

      Poderia sim ser melhor, (eu pessoalmente acho que dois filmes eram suficientes) mas ainda é um bom filme.

      Excluir

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!