segunda-feira, 2 de março de 2015

#3meses15livros: A Escolha


      Comecei essa leitura no mesmo dia em que acabei A Elite e logo na manhã seguinte já havia terminado, tamanha era a vontade de saber o final :p.

      Nessa etapa final da Seleção, a jovem América Singer, além de disputar o amor e a atenção de Maxxon com as outras  quatro garotas e decidir o que fazer em relação a Aspen, seu antigo amor, também terá de superar a antipatia do rei, que fará de tudo para que ela não se torne a nova princesa de Iléa.
    America continua a crescer como personagem, tomando atitudes que batem de frente com as decisões do rei.
     Acredito que o livro tem um potencial político muito maior do realmente foi explorado, mas ainda sim tem uma leitura muito satisfatória. 
     O romance entre ela e Maxxon nesse livro, me renderam algumas risadas, devido as tentativas da garota e seduzi-lo.



     Aspen se torna um problema menor durante grande parte do livro, o que me agradou bastante, pois esse lenga-lenga já estava demorando muito na minha humilde opinião.



      O fim do livro, foi um pouco rápido para grande quantidade de acontecimentos. Muitas coisas que poderiam ter grande impacto sobre a personagem, foram deixadas de lado e isso me chateou um pouco, pois acho que se tivesse sido melhor explorado esses últimos momentos, o livro teria sido muito mais emocionante.
      Li e ouvi muitas críticas negativas sobre o último livro da série, mas eu particularmente gostei bastante ^^.





Disponível na Amazon.

7 comentários:

  1. Olá, tudo bem??

    Essa coleção é maravilhosa né!! Impossível não viciar hahaha, acabei de ver um post sobre o próximo livro que será a seleção da filha deles... Estou louquinha pra ver como isso irá se desenrolar.

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com
    PS: te vejo lá no meu cantinho, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso estar com um certo medo dessa "continuação" rsrs
      Obrigada pela visita ^^

      Excluir
  2. Realmente, parece ser algo que eu não leria de nem com nojo, como se diz na minha terra. Mas que bom que gostou e fez uma avaliação. É pra isso que servem reviews

    ResponderExcluir
  3. A Escolha, pra mim, foi uma baita deslizada da Keira. Ela estava indo tão bem com o desenvolvimento da America e amarrando toda a história. Ai correu com o final e jogou as coisas, não explorou outras, deu explicações idiotas... Pra depois anunciar mais livros. Então que tivesse feito uma quadrilogia desde o inicio e desenvolvido bem o fim. Tô muito chateada com ela, não pego mais nos livros dela. Não sei se tenho mais raiva desse "fim" ou do de Divergente UAHSAUHSAUHSAUHSAUSASH
    PORÉM que bom que você gostou, porque a pior coisa do mundo é esse sentimento de traição que o autor deixa quando a gente não gosta do fim. Sou muito "sortuda" e ao menos um em cada 4 finais me decepcionam muito u_u /aquelas bem chatas

    bjos
    Bianca

    www.blogsomaisum.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto do fim de divergente (mesmo tendo chorado horrores rsrs :p)
      Também não gostei do anuncio da continuação, acho que se deve saber a hora de parar :s
      Obrigada pela visita ^^"

      Excluir
  4. Ah estou super ansiosa pelos outros livros.
    Até hoje estou em dúvida com o desfecho, pois queria que o não escolhido pela América tivesse outro final (de preferencia com ela) rs
    O que me incomodou um pouco é que a escolha não foi do príncipe e sim da América!
    Mas não vou deixar de amar por isso hehe
    Beijos

    antesdascinco.com / lagarota.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gostei do desfecho, pois achei ele meio corrido, mas foi um livro legal ^^
      Obrigada pelo comentário.

      Excluir

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!