domingo, 29 de março de 2015

O que assisti essa semana 6

        Novamente estou juntando duas semanas nessa postagem, depois de um longo tempo sem assistir filmes.

    No dia 17, uma terça-feira, estávamos caçando algo para assistir no Netflix, e então eu vi esse filmo bem antigo que conta como elenco Brad Pitt e Anthony Hopkins, e logo pensamos deve ser muito bom.
     Encontro Marcado conta a história de Bill Parrish (Hopkins), um famoso empresário que recebe a visita da morte (Pitt) que lhe propõem um acordo em troca de mais algum tempo de vida.
     Esperávamos por um filme intrigante, com certo suspense e alguma lição bonita de vida, mas acabamos nos deparando com um romance fraco, co uma dublagem terrível (mames não gosta de  assistir legendado), e com um final sem pé nem cabeça, foi bem decepcionante.



     Na quarta-feira, finalmente assistimos o filme A Culpa é das Estrelas, adaptação  do famoso livro homônimo escrito por John Green.
     Ainda não li a esse livro, por não ser bem o meu estilo de leitura, mas mesmo antes de assistir o filme eu já conhecia a história (em detalhes pois a Juh me contou ele todinho :p).
     A história de amor de Hazel e e Gus, dois adolescentes que lutam contra o câncer, emocionou o mundo todo, e claro que mesmo sabendo todos os acontecimentos, eu chorei (não é muito difícil me fazer chorar).
     Apesar da temática pesada e triste, o filme todo é bem leve e você assisti sem perceber o tempo passar.

 

Uma semana passou, e no sábado resolvemos fazer uma sessão de filmes em casa, e antes de assistir novamente Malévola, colocamos O Homem Duplicado, baseado no livro homônimo de José Saramago, estrelado por Jake Gyllenhaal.
      Adam Bell é um professor que leva uma vida  tediosa que ao assistir um filme, descobre que tem um sósia e começa a persegui-lo.
      Na verdade , não tenho muito o que falar sobre esse filmes, pois acho que ninguém aqui em casa o entendeu muito bem 0.0, cada um tem sua teoria, mas no geral é um filme bem confuso.
      Além disso, achei a trilha sonora de suspense durante todo o filme bem maçante, e assistimos a tudo de forma arrastada, enquanto esperávamos um momento de virada que faria o filme ficar interessante, e isso não aconteceu;
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!