sexta-feira, 24 de julho de 2015

Hunter X Hunter (2011)


       Um dias desses, zapeando o netflix, meu namorado encontrou e começou a assistir ao anime Hunter X Hunter (o remake de 2011), eu meio que comecei a acompanhar,e acabei me viciando!
     Baseado (de forma bem fiel) no manga de mesmo nome, escrito por Yoshihiro Togashi, Hunter X Hunter acompanha a jornada de Gon, um garoto de doze anos, dono de uma grande sensibilidade e honestidade, que deseja se tornar um Hunter para encontrar seu pai.
      Durante todo o desenho, podemos observar o crescimento de Gon e de seus companheiros, de forma bem dinâmica e emocionante. O ritmo do anime foi excelente (com exceção de um arco da história que poderia ter algumas partes abreviadas), com cenas de ação e de luta elaboradas e uma história bem explicada, sem ser maçante (talvez o narrador pudesse falar um pouco menos, ai seria perfeito :p).
      Os personagens são sem dúvida o maior motivo de eu estar agora sentindo falta desse anime. Personalidades marcantes e bem construidas, que se mantém firmes até o fim. É possível distinguir características citadas no início do desenho até a sua conclusão, o que torna um personagem mais concreto. Isso inclui até mesmo alguns vilões.
      Assim que vi a abertura, tive a certeza de quem seria o meu favorito, e não deu outra, me apaixonei de cara por Killua, um jovem nascido em uma família de assassinos e criado sob circunstâncias nada convencionais. Adoro personagens com defeitos, que não sejam tão bonzinhos, e Killua se enquadra muito bem nesse papel.


 


        A grande amizade entre Gon e Killua, que apesar de viverem em mundos completamente diferentes conseguem se entender muito bem, é o que da liga para o desenho, mas não é a única relação emocionante da história.


       Apesar do manga ainda estar em "lançamento" (quando o autor decide publicar algo), a história do anime acabou de uma forma muito agradável, o que é uma grande novidade para mim, já que a maioria que assisti deixam a desejar no final. Mesmo com espaço para um novo arco, que começa a ser apresentado nos últimos episódios, foi possível ver uma conclusão, que pode não ser definitiva, mas foi adequada.
       Existe uma outra adaptação de Hunter X Hunter, feita em 1999, com alguns arcos a menos e uma certa diferença no estilo visual.
        Pretendo acompanhar o manga, sem pressa, já que o autor é meio enrolado, e torço para que uma futura continuação possa ser feita. 


       Ps: Adoro a trilha sonora do anime *-*.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!