segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Histórias sobre vampiros

   Muitas pessoas devem imaginar que meu fascínio por histórias de vampiros começou no momento em que eles se tornaram mais populares (por isso entenda o lançamento de Crepúsculo), mas a verdade é que esse gosto um tanto peculiar começou a mais ou menos dezessete ano atrás, quando ainda criança, comecei elaborar minha própria história (que por sinal não está  finalizada até hoje :p).
     Já comentei em algumas resenhas e postagens anteriores, que meu tipo preferido de personagem é aquele cheio defeitos, que muitas vezes fica em cima do muro na questão ser o "mocinho" ou o "vilão", talvez esse seja um dos motivos pelo qual eu gosto tanto desse tipo de literatura, mesmo que nem todas as histórias sigam essa regra.
     Já li algumas sagas, e cada uma retrata os seres imortais de forma completamente diferente, e ainda sim, eu geralmente gosto. Nesse momento vocês devem estar pensando "até quando eles brilham Andressa?", é bem, não é uma característica que eu tenha gostado, mas para mim está ok, afinal, é a liberdade de criação de cada um.
    Atualmente, estou finalmente terminando de escrever um dos meus livros, que não é o mesmo que citei no começo do post, mas mesmo assim adivinhe só, é sobre vampiros!
    Infelizmente, a popularização de um tema sempre trás seu lado positivo: a facilidade em encontrar itens do gênero, e o lado negativo: o preconceito de muitos por ter se tornado uma "modinha". Acho que nesse momento, o segundo item é o que predomina, mas tudo bem, continuarei a escrever meus livros e a colecionar histórias de vampiros mesmo assim. Por que? Porque é um dos temas que me levou a criar história e a finalmente escreve-las, e sendo modinha ou não, sempre irão atrair minha atenção!


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!