domingo, 13 de setembro de 2015

O que assisti essa semana 18

    Como na semana passada eu não fiz essa postagem, e como nesses últimos dias (devido a minha conjuntivite), tive muito tempo livre, hoje irei falar sobre vários filmes assistidos.
    Nesse post vou falar um pouco sobre o O Jardim Secreto, A Primeira Vez, Golpe Duplo, Insurgente, Vingadores e o Poderoso Chefão Parte II.
     Vamos lá?

    Em uma visita na casa da Juh, decidimos assistir ao antigo O Jardim Secreto, já que eu só assistira a adaptação em desenho.
     Mary Lennox (Kate Maberly) é uma jovem que não recebe muita atenção de seus pais, e quando se torna órfã , é enviada a para a casa de um tio que nunca conheceu, onde permanece com a sensação de solidão.
    Somente quando descobre um antigo e abandonado jardim, dentro da propriedade de seu tio, é que Mary finalmente se sente em casa. Enquanto cuida de seu novo refúgio, a jovem começa a fazer amizade com Dickon (Andrew Knott), irmão de uma das moças que trabalham na mansão, e com seu primo Collin Craven (Heydon Prowse), um jovem mimado e doente, que esta sempre sob os cuidados na rigorosa senhora Medlock (Maggie Smith), governanta da casa.
       As diferenças da adaptação em filme e do desenho que assistira quando pequena, são bem sutis, e a história continua sendo muito fofa, leve e bem infantil.



    Já há algum tempo que eu queria assistir mais algum filme de Dylan O'Brien (ator de Teen Wolf e Maze Runner), então escolhi a comédia romântica A Primeira Vez, um típico filme de adolescentes, onde o mocinho está na "friendzone".
    Dave (Dylan), que é apaixonado por sua amiga da escola, conhece Aubrey (Britt Robertson) durante uma festa, e os dois criam uma rápida conexão.
     Apesar de ter algumas coisas um pouco diferentes dos clichês do gênero, o filme em si, tem muitas coisas bem previsíveis.
      Gosto dos atores, e achei interessante ver mais um trabalho de Dylan, mas a história em si não agradou, sem muita profundidade ou grandes momentos, e o final ficou meio em "aberto", sem que os personagens realmente resolvessem seus "problemas".



    Will Smith, é sem dúvida um daqueles atores que te chamam para um filme, muitas vezes assisto algo apenas por ele estar no elenco. E foi por esse motivo, e pela curiosidade de vê-lo contracenar com Rodrigo Santoro, que assisti Golpe Duplo.
    Nick Spurgeon (Will) é um golpista profissional, que após conhecer a iniciante Jess (Margot Robbie) decide ensina-la a "arte" de retirar o foco de suas vitimas.
      O filme é sem dúvida bem interessante, e em alguns momentos acaba ficando confuso sobre quem está enganando quem. Essa dinâmica faz com que você tente a todo momento adivinhar o que ira acontecer, ou quem está mentindo.
    Divertido, com cenas movimentadas e um ótimo elenco.


     Após muita relutância, pois fiquei muito apreensiva depois de ver o trailer, eu finalmente tomei coragem e assisti adaptação de Insurgente, de Verônica Roth, e infelizmente foi exatamente o que eu esperava.
      Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James), agora são procurados pela Erudição, e se veem obrigados a fugir e se esconder, enquanto procuram aliados para lutar contra a opressão de Janine Mathews (Kate Winslet).
     Mesmo sabendo que muitas coisas geralmente são cortadas em adaptações de livros para o cinema, fiquei realmente insatisfeita com as mudanças feitas nesse filme, que não só alterou pequenas coisas no enredo, mas também nas características dos personagens, o que me incomodou bastante principalmente porque o primeiro filme fora muito fiel.
     A quantidade de efeitos especiais desnecessário, também é algo que fica muito evidente e cansativo, sem nenhum efeito real na história, apenas para "impressionar".



   Eu sei que muitos podem ficar chocados com o fato de eu só ter assistido os Vingadores essa semana (me julguem :p), mas como diz o ditado, antes tarde do que nunca.
      Peguei o filme logo após seu inicio, perdendo alguns poucos minutos, mas ainda sim, finalmente assisti.
       Nick Fury (Samuel L. Jackson), diretor da S.H.I.E.L.D, finalmente consegue colocar a iniciativa Vingadores em prática. Com o intuito de recuperar o Tesseract das mãos de Loki (Tom Hiddleston), ele reúne em uma única equipe, O Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), O Capitão América (Chris Evans), a agente Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), o dr. Bruce Banner (Mark Ruffalo), Thor (Chris Hemsworth), e o agente Clint Barton (Jeremy Renner).
       O filme tem muita ação, muitos efeitos, ótimas tiradas cômicas e uma engraçada relação entre os personagens.
      A história é bem simples, e exatamente o que se espera dos filmes do gênero. Nada muito inovador, mas que cumpre bem as expectativas.



      O Poderoso Chefão Parte II, é o típico filme, que apesar de ser muito bom, é necessário muita paciência para assisti-lo, tanto por sua duração, quanto por sua dinâmica, com muitas cenas sem diálogos e sem grandes acontecimentos.
       Seguindo o mesmo estilo visual e narrativo de seu antecessor, o filme da continuidade a história da família Corleone, agora liderada por Michael (Al Pacino), que tenta expandir seus negócios, ao mesmo tempo que mostra o inicio da vida de Don Vito (agora interpretado por Robert De Niro) nos Estados Unidos.
      Apesar de ser um filme bem cansativo (dividi ele em três partes para assistir), e com muitas cenas "desnecessárias", é definitivamente uma obra que vale a pena ser assistida, tanto por sua história, quanto pelo grande elenco.

       O post dessa semana foi meio longo, mas espero que possa ter dado alguma boa dica para vocês ^^, e espero que tenham gostado.

2 comentários:

  1. Hummm então se prepara, vamos ver o poderoso chefão de novo =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, não garanto assistir inteiro, mas posso tentar :p

      Excluir

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!