domingo, 14 de fevereiro de 2016

O que assisti essa semana 24

     Logo no inicio do mês fui ao cinema assistir ao filme biográfico Joy: o nome do sucesso, estrelado por Jennifer Lawrence, Bradley Cooper, Robert De Niro e Édgar Ramírez.
     Joy é uma jovem criativa que sonha em patentear suas próprias invenções e melhorar a situação da sua família pouco convencional. Depois de ter seus sonhos frustrados pelas dificuldades em se tornar mãe jovem e um casamento arruinado, ela decide retomar seus sonhos e investir em sua carreira de forma ousada.
    Uma história de superação, que apesar de não mostrar de forma muito evidente os momentos marcantes da vida da personagem, é muito agradável.
     A melhor parte do filme é definitivamente o elenco, cheio de nomes que todos gostam de prestigiar nas telinhas do cinema.




    Na comédia romântica/drama (quanto subgênero :p) 500 Dias com Ela acompanhamos de forma não linear o romance de quinhentos dias entre Tom (Joseph Gordon-Levitt) e Summer (Zooey Deschanel), que tem visões bem diferentes sobre o que esperam de um relacionamento amoroso.
    Uma história leve, romântica e engraçada, que mostra um novo ponto de vista em relação aos filmes do mesmos do gênero.
    O estilo da narrativa e do visual do filme são pontos bem interessantes, além dos personagens que são bem construidos, levando em conta a velocidade em que a história é contada.
     Ah! Eu claramente não poderia deixar de falar da participação de Chlöe Grace Moretz no papel de Rachel, irmã caçula e extremamente madura de Tom que durante o filme lhe dá vários conselhos amorosos.




     Um Senhor Estagiário é uma comédia leve, e em boa parte previsível, mas que mostra algumas coisas bem interessantes.
     Ben Whittaker (Robert De Niro) é um senhor aposentado que está tentando sair de sua vida monótona e decidi se cadastrar para um programa de estágio para terceira idade. Seu novo emprego é em uma empresa de vendas de roupas pela internet cuja a dona é Jules Ostin (Anne Hathaway) que leva uma vida atribulada entre sua bem sucedida empresa e sua família.
    A relação dos dois é muito fofa, e mostra que muitas vezes menosprezamos as pessoas por causa da sua idade, mas que no fundo podemos realmente aprender muito com quem tem mais experiência de vida.




      Apesar de já ter visto boa parte antes, resolvi assistir novamente, dessa vez completo, a comédia A Mentira estrelado por Emma Stone.
      Olive é uma jovem comum, impopular de poucos amigos que começa a ganhar "fama" quando uma mentira sobre sua vida sexual se espalha por todo o colégio. Apesar de todos começarem a vê-la com maus olhos, a jovem acredita que é melhor manter a mentira e continuar com sua fama a voltar para o mundo dos ignorados.
      Um filme engraçado e que de certa forma critica o fato das pessoas se meterem em nossa vida e nos julgarem sem nos conhecer direito.
       A comédia faz referências ao livro A Letra de Escarlate de Nathaniel Hawthorne, que está sendo estudado pela turma de Olive em uma das aulas.




       Na ficção científica O Predestinado acompanhamos a última missão de uma agente temporal (Ethan Hawk) que tenta impedir um ataque terrorista.
       O filme fala sobre viagens no tempo da forma que eu mais gosto, o paradoxo. Apesar de não ser grande fã de filmes de ficção científica, sempre achei esse tema genial, o que me fez gostar muito do filme.
       Apesar de alguns erros meio absurdos na construção da história, o longa aborda a viagem no tempo de uma forma intrigante e muito interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!