domingo, 21 de fevereiro de 2016

O que assisti essa semana 25


     Essa semana que passou vi poucos filmes, mas achei melhor não esperar para juntar com os da próxima postagem para não me perder. Então vamos lá.


    No primeiro final de semana depois da estreia, enfrentamos uma enorme fila no cinema para assistir o tão comentado e aguardado Deadpool. Nunca fui muito ligada em histórias em quadrinhos, mas após ouvir tanto ouvir falar do anti-herói, fui ao cinema muito empolgada e cheia de expectativas.
    Wade Wilson (Ryan Reynolds) é um mercenário diagnosticado com um câncer terminal e que se submete a uma experiência secreta com o intuito de se curar, mas que acaba resultando em grandes poderes com alguns efeitos colaterais que ele quer reverter a todo custo.
     A apresentação inicial do longa é muito divertida e combinada com a trilha sonora se tornou minha parte preferida.
     A história em si não é lá muito interessante ou bem desenvolvida e não foi tão pesada como todos imaginavam que seria. As cenas de luta foram bem dinâmicas, mas talvez pouco exploradas, deixando bem claro que esse não era o maior foco do filmes que é bem carregado no humor.
     Um filme divertido, que só não atingiu totalmente as minhas expectativas porque as pessoas acabaram falando muito sobre ele :p.
      

      O filme Ela conta a história de Theodore (Joaquin Phoenix), um escritor solitário, que acaba se apaixonando por seu novo sistema operacional, uma inteligência artificial chamada Samantha (Scarlett Johansson).
    Apesar das belas mensagens passadas ao longo da história, esse definitivamente foi um filme que não me convenceu.
       A relação entre Theodore e Samantha em alguns momentos é muito bem aceita, mas não fica claro para mim o que a sociedade realmente pensa sobre isso, pois tudo parece acontecer de forma muito rápida.
     O tema abordado é interessante, e mesmo que não literalmente, tenta mostrar nossa relação com as pessoas e com as tecnologias, mas acredito que o exagero poético tenha sido exacerbado, tornando muito difícil se identificar com os personagens ou com a narrativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!