quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Bienal do livro 2016



    Como eu comentou no vídeo do resumo do mês, estive na Bienal do Livro de São Paulo no dia 31 de agosto (quarta-feira) e apesar de não ter comprado muita coisa, pude aproveitar muito o passeio, então vim aqui falar em detalhes para vocês como foi.

     Deixei minha mochila pronta na noite anterior, levando coisas como documento, carregador de celular e powerbank, uma sacola de ombros extra para carregar alguns livros, lanches e casaco, que acabei usando durante todo o dia porque sou muito friorenta.



     Tínhamos intenção de pegar o ônibus mais cedo, mas acabamos nos atrasando e chegando ao evento por volta do meio dia, depois de pegar o transporte próprio da bienal que nos levou até o evento gratuitamente. Alias, meu elogios aqui para o esquema de ônibus desse ano, que foi rápido, com vários veículos circulando e diminuindo muito o tempo de espera.

     Como fomos no meio da semana, o lugar não estava tão cheio, nem ao menos pegamos fila na entrada, quase um sonho!
     Demos uma volta pelos estandes, decididos a não comprar nada até vermos os valores em outros lugares, afinal quem não pesquisa acaba pagando mais caro. Depois de uma olhada mais geral, começamos a visitar os estandes com mais calma.
     Uma das primeiras editoras que visitamos foi a Editora Pendragon, onde conheci pessoalmente a autora parceira Rita Pinheiro. Tiramos fotos e eu peguei o autografo no segundo volume da saga Enigma (resenha do primeiro volume aqui).



     Visitamos o estande da Leya, onde encontramos alguns livros com bons preços. Também fiz compras nos estandes das Editoras Pandorga e Draco.



     Fizemos duas pausas para comer durante o dia, uma perto da "hora do almoço", onde me apaixonei pelo macarrão que comemos no Spoleto, onde escolhíamos as massas, recheios e molhos. Para quem não sabe, sou uma viciada em macarrão! No lanche da tarde acabamos pagando caro em um sanduíche meio seco e sem graça de um lugar que não consigo me lembrar o nome.

     Quase na hora de irmos embora, fomos finalmente tirar fotos nos cenários montados pelas Editoras Rocco e Leya.







     Infelizmente esqueci de tirar fotos de dentro do estande da Rocco que estava com uma decoração linda de Harry Potter.

     Na hora da volta tivemos que esperar um pouco pelo ônibus, pois muitas pessoas saíram quase na mesma hora que nós, mas nada muito demorado.

     Fiquei muito satisfeita com a organização da bienal esse ano! Ainda bem que decidi dar uma segunda chance para o evento ^^

     Ps: os banheiros estavam sem fila e limpos, isso é digno de nota :p

Um comentário:

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!