segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Os Defensores

os defensores dentro do elevador

     Os Defensores é o cross-over das quatro séries de super-heróis lançadas pela Netflix em parceira com a Marvel e mostra o encontro do Punho de Ferro, Luke Cage, Jéssica Jones e Matt Murdock (Demolidor), que precisam juntar suas forças para lutar contra o Tentáculo.

     Essa série foi muito aguardada pelos fãs, e eu me inclui nesse grupo, mas apesar de ter gostado, não posso dizer que fiquei completamente satisfeita.
     Os Defensores tem um ritmo mais frenético, o que faz os episódios parecerem mais curtos. Muita ação, muitas cenas de luta, mas com furos no roteiro.
     Alguns detalhes das séries originais parecem terem sido esquecidos pelos roteiristas, deixando vários pontos sem explicação. Personagens que tinham envolvimento com a trama simplesmente foram deixados de lado.
      Também senti falta de uma maior interação com os personagens secundário. Entendo que com uma grande quantidade de protagonistas, o elenco de apoio seja menos trabalhados, mas senti que essa interação não ficou muito verídica, isolando os heróis no núcleo central da ação.
      As cenas de luta, apesar de empolgantes, pareceram bem mais artificiais do que nas séries anteriores. Em alguns momentos, dava para ver claramente o quão coreografada elas eram, com adversários que aguardavam os golpes um do outro.
      O ponto mais positivo da série, é provavelmente a interação dos protagonistas entre si, já que eles, em sua maioria, tem personalidades muito interessantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!