domingo, 11 de agosto de 2019

Primeira semana de aula, uma infinidade de coisas para fazer


Na segunda-feira passada minhas aulas retornaram e em apenas uma semana, já estou lotada de trabalhos para fazer e livros para ler.

A cada professor que entrava na sala de aula a lista de leituras crescia e quando a sexta-feira chegou (não tive aula nesse dia) ela já estava mais ou menos assim:

- Prática de Morfossitaxe: como e por que aprender análise (morfo)sintática. SAUTCHUK, Inez.
               *esse no caso é para ler ao longo da vida e não só nesse semestre.
- Primo Basílio. Eça de Queiroz.
- Discurso e Mudança Social. FAIRCLOUH, Norman.
                *esse é para a Iniciação Cientifica.


Em questão de livros de literatura que eu escolho, me considero uma leitora rápida. Já li aproximadamente 1500 páginas em uma semana tranquilamente. Mas se o livro não me agrada, a história é bem outra. Já demorei um ano em um livro de 200 páginas e ainda abandonei a leitura (sim, "Entrevista com o Vampiro", eu estou falando de você). Livros técnicos costumam ser mais arrastados e extensos e se adequam nesse segundo ritmo de leitura.

Além dos livros, tem os trabalhos, que até o momento contabilizam sete, mais dois seminários. também temos as atividades complementares para realizar e as preocupantes horas de estágio, que podem começar a ser cumpridas esse semestre.

Começo de semestre sempre bate aquela ansiedade ao ver a quantidade de coisas que tenho para fazer. A ideia é tentar não surtar, afinal de contas, os outros semestres também foram puxados e acabei dando um jeito de lidar com eles.

Vou precisar me organizar, priorizar algumas leituras, evitar deixar as coisas para última hora e, claro, tirar alguns momentos para descansar.

É muito fácil nos desesperamos ao encarar uma grande lista de afazeres. Eu muitas vezes me pego surtando enquanto tento fazer tudo de uma única vez, o que obviamente não funciona. Quando percebo que estou com três trabalhos diferentes abertos, agenda na mão e caçando um audiobook no celular, eu paro e me dou uma pequena bronca, fecho todas as coisas, sento e tento me organizar. Separo as coisas em pequenas tarefas ao longo da semana, de forma que eles se adequem ao pouco tempo que tenho para fazê-las. Até o momento, está dando certo.

Se você também está começando um semestre de aulas e já está angustiado, eu te entendo, mas vai dar certo. Se planeje, se organize e se precisar, não exite em pedir ajuda dos seus colegas de sala, amigos e da família. Às vezes tentamos fazer tudo sozinhos e acabamos nos enroscando, passando um nervoso desnecessário e gastando mais energia em uma tarefa do que era realmente preciso.

Vou tentar seguir minhas próprias dicas ao longo desses seis meses, pois sei que muitas vezes é fácil falar, difícil é fazer. Espero aproveitar bastante meus estudos e torço para que vocês também aproveitarem.

Boas aulas, pessoal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, não utilizem palavras ofensivas ou divulguem spoilers de qualquer espécie.

Obrigada!